Brasil atinge marca de 27 mil selos “Turismo Responsável”
Brasil

Brasil atinge marca de 27 mil selos “Turismo Responsável”

Brasil atinge marca de 27 mil selos “Turismo Responsável”

Parques aquáticos e empreendimentos de lazer, os temáticos, meios de hospedagens e acampamentos turísticos apresentam maior proporção de adesão

Brasil atinge marca de 27 mil selos “Turismo Responsável”

Ao todo, 15 atividades, como restaurantes, cafeterias e bares, podem aderir ao selo e promover as boas práticas – Foto: Ministério do Turismo

Os brasileiros já contam com 27 mil estabelecimentos turísticos em todo o país com o selo “Turismo Responsável, Limpo e Seguro”, do Ministério do Turismo. A marca, atingida nesta quarta-feira (17), amplia o leque de locais que assumiram, declaradamente, o compromisso em adotar protocolos de biossegurança para proteger turistas e trabalhadores contra a Covid-19. Proporcionalmente, os estados de Alagoas (46,10%), Rio Grande do Norte (41,72%), Bahia (36,48%) e Maranhão (30,59%) abrigam os maiores percentuais de estabelecimentos com o documento.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, é preciso empenho de todo o setor para garantir uma retomada que preserve a saúde dos viajantes e dos milhares de trabalhadores que movimentam o setor. “Fomos uns dos primeiros em todo o mundo a adotar estes protocolos, para que assim possamos retomar de forma segura e responsável o que vinha sendo desenvolvido nos últimos anos. Agora, conto com o envolvimento de todo o setor para que possamos chegar à totalidade de estabelecimentos com o selo.”

Quando observado os segmentos, os parques aquáticos e empreendimentos de lazer (47,43%), os temáticos (46,93%), meios de hospedagens (36,57%) e acampamentos turísticos (34,01%) apresentam maior proporção de adesão entre os demais.

Ao todo, 15 atividades turísticas, como meios de hospedagem, parques temáticos, restaurantes, cafeterias, bares, centros de convenções, feiras, exposições, guias de turismo, entre outros, podem aderir ao selo e promover as boas práticas validadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Como solicitar o selo

Para solicitar o selo, o estabelecimento precisa apresentar situação regular no cadastro de prestadores de serviços turísticos (Cadastur). Após se regularizar, é preciso acessar o site do Selo Turismo Responsável, ler as orientações e declarar atender aos pré-requisitos determinados.

Em seguida, o interessado é encaminhado para uma área do site onde pode fazer o download do selo para impressão. Para utilizar o selo em local físico, o empreendedor deve colocá-lo em local de fácil visualização do cliente.

O estabelecimento pode oferecer um QR Code para que os turistas verifiquem quais são as medidas adotadas por aquele empreendimento e/ou profissional.

Brasil

Mais notícias da Categoria Brasil

Governo Federal distribui mais 4,5 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 Com o novo lote, já foram enviadas mais de 24,5 milhões de doses de imunizantes contra a doença a todos os estados e Distrito Federal Compartilhe:    Publicado em 17/03/2021 14h51 Atualizado em 17/03/2021 14h57 Governo Federal inicia distribuição de mais 4,5 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 Para o mês de março, o cronograma enviado à pasta pelos laboratórios prevê a entrega de um total de 30 milhões de doses. – Foto: Agência Brasil  OMinistério da Saúde está distribuindo nesta semana mais 4.558.420 doses da vacina contra a Covid-19 produzida no Brasil pelo Instituto Butantan. O novo lote é destinado para vacinar idosos entre 75 e 79 anos e trabalhadores da saúde. A previsão é de que as entregas ocorram até esta quarta-feira (17), de forma proporcional e igualitária a todos os estados e Distrito Federal.  A nova remessa de vacinas do Butantan corresponde à entrega de duas doses, sendo necessário que estados e municípios façam a reserva da segunda dose para garantir que o esquema vacinal seja completado no período recomendado pelo laboratório, de 2 a 4 semanas.  O Ministério da Saúde já coordenou oito pautas de distribuição de vacinas desde o dia 18 de janeiro, início da campanha de vacinação contra a Covid-19. Com esse novo lote, já foram enviadas a todas as unidades Federativas mais de 24,5 milhões de doses de imunizantes – até o momento, mais de 11,8 milhões já foram aplicadas em grupos prioritários.  Para o mês de março, o cronograma enviado à pasta pelos laboratórios, sujeito a alterações de acordo com a produção das vacinas, prevê a entrega de um total de 30 milhões de doses: 23,3 milhões do Instituto Butantan, enviados em remessas semanais e distribuídas na mesma periodicidade; 3,8 milhões da vacina da AstraZeneca/Oxford, produzida na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz); e mais 2,9 milhões de doses do mesmo imunizante adquiridos via consórcio Covax Facility.

Governo Federal distribui mais 4,5 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 Com o novo lote, já foram enviadas mais de 24,5 milhões de doses de imunizantes contra a doença a todos os estados e Distrito Federal Compartilhe: Publicado em 17/03/2021 14h51 Atualizado em 17/03/2021 14h57 Governo Federal inicia distribuição de mais 4,5 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 Para o mês de março, o cronograma enviado à pasta pelos laboratórios prevê a entrega de um total de 30 milhões de doses. – Foto: Agência Brasil OMinistério da Saúde está distribuindo nesta semana mais 4.558.420 doses da vacina contra a Covid-19 produzida no Brasil pelo Instituto Butantan. O novo lote é destinado para vacinar idosos entre 75 e 79 anos e trabalhadores da saúde. A previsão é de que as entregas ocorram até esta quarta-feira (17), de forma proporcional e igualitária a todos os estados e Distrito Federal. A nova remessa de vacinas do Butantan corresponde à entrega de duas doses, sendo necessário que estados e municípios façam a reserva da segunda dose para garantir que o esquema vacinal seja completado no período recomendado pelo laboratório, de 2 a 4 semanas. O Ministério da Saúde já coordenou oito pautas de distribuição de vacinas desde o dia 18 de janeiro, início da campanha de vacinação contra a Covid-19. Com esse novo lote, já foram enviadas a todas as unidades Federativas mais de 24,5 milhões de doses de imunizantes – até o momento, mais de 11,8 milhões já foram aplicadas em grupos prioritários. Para o mês de março, o cronograma enviado à pasta pelos laboratórios, sujeito a alterações de acordo com a produção das vacinas, prevê a entrega de um total de 30 milhões de doses: 23,3 milhões do Instituto Butantan, enviados em remessas semanais e distribuídas na mesma periodicidade; 3,8 milhões da vacina da AstraZeneca/Oxford, produzida na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz); e mais 2,9 milhões de doses do mesmo imunizante adquiridos via consórcio Covax Facility.

Portal Uberaba 17/03/2021
Romeu Zema cria Grupo de Trabalho para buscar soluções junto aos transportadores de combustíveis

Romeu Zema cria Grupo de Trabalho para buscar soluções junto aos transportadores de combustíveis

Portal Uberaba 03/03/2021
LBV inicia Campanha SOS ACRE para atender famílias afetadas pelas chuvas

LBV inicia Campanha SOS ACRE para atender famílias afetadas pelas chuvas

Caio Romano 02/03/2021
Acordo integra Disque 100 a cadastro de crianças e adolescentes desaparecidos

Acordo integra Disque 100 a cadastro de crianças e adolescentes desaparecidos

Portal Uberaba 18/02/2021
Lançada cartilha de educação financeira para idosos

Lançada cartilha de educação financeira para idosos

Portal Uberaba 18/02/2021
InovAtiva lança programa para atender mil projetos inovadores este ano

InovAtiva lança programa para atender mil projetos inovadores este ano

Portal Uberaba 12/02/2021