Sóachoaki – Super Banner
Concessão de lote rodoviário pode atrair investimentos de R$ 1 bi para Minas
Política

Concessão de lote rodoviário pode atrair investimentos de R$ 1 bi para Minas

Concessão de lote rodoviário pode atrair investimentos de R$ 1 bi para Minas

Acordo BDMG-BID trata de trecho que liga, entre outros municípios, Mariana e Brumadinho; projeto do Estado foca no dinamismo econômico e no incentivo à atividade turística

imagem de destaque

Divulgação / BDMG

Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) assinou, nesta segunda-feira (27/4), com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e com o Governo de Minas Gerais, por intermédio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), um acordo de cooperação técnica e um contrato de prestação de serviços de modelagem. As parcerias visam à estruturação do projeto de concessão do lote rodoviário “Ouro Preto”, que inclui os municípios de Mariana e Brumadinho, como parte do Programa Estadual de Concessões Rodoviárias.

A concessão pretende viabilizar investimentos privados na malha viária estadual, com impacto positivo na qualidade das vias, trafegabilidade e segurança dos usuários. A estimativa é que a concessão do lote resulte em investimentos da ordem de R$ 1 bilhão, proporcionando também maior dinamismo econômico para a região e incentivando a atividade turística.

Na função de estruturador, o BDMG será responsável por coordenar e integrar os estudos de viabilidade necessários à modelagem do projeto, além de apoiar a Seinfra no processo para formatação de um projeto autossustentável. O prazo estimado para execução dos trabalhos de modelagem é de até 36 meses. Caberá à secretaria realizar o leilão público com objetivo de delegar à iniciativa privada a administração e a exploração econômica do lote rodoviário.

Com recursos disponibilizados pelo Ministério das Finanças do Japão, por meio da Iniciativa para a Infraestrutura de Qualidade, o BID apoiará com US$ 650 mil a contratação de consultores especializados. A parceria com o BID permitirá a estruturação do projeto, lastreado na obrigação de ressarcimento pelo vencedor no processo licitatório.

“Com esta parceria, o BDMG avança em seu papel de ser uma plataforma não apenas provedora de crédito para empreendedores e municípios, mas também estruturadora de projetos estratégicos para o desenvolvimento de Minas. É uma expertise que estamos avançando. Ao mesmo tempo, estamos fortalecendo cada vez mais o nosso relacionamento com organismos multilaterias de fomento, de modo a oportunizar novas fontes de recurso. Esta parceria com o BID, com a participação da Seinfra, insere-se nestes contextos e, certamente, trará impactos sociais e econômicos relevantes para a região”, afirma o presidente do BDMG, Sergio Gusmão.

Na visão do representante do BID no Brasil, Morgan Doyle, as PPPs e concessões, quando nas condições certas, podem aumentar a eficiência dos investimentos por várias razões. “Seja por flexibilizar a gestão fiscal dos governos ou por reduzir os custos da burocracia pública, as parcerias geram benefícios para todas as partes envolvidas, especialmente para fazer frente no futuro a crises como a pandemia que estamos vivenciando. Por isso, o BID vem apoiando Minas Gerais e vários outros governos brasileiros na estruturação de projetos que geram valor para usuários e para o poder público”, disse.

Já o secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Marco Aurélio Barcelos, defende que a pauta da infraestrutura é crucial para a retomada do crescimento de Minas Gerais.

“Não nos falta vontade e capacidade de trabalhar para alavancá-la. Parcerias como a que consolidamos hoje são fundamentais para colocar em andamento alguns destes projetos, mesmo no atual cenário de escassez financeira em que vivemos”, afirma. “Seguiremos a todo o vapor, para isso, queremos que nossos projetos sejam muito bem estruturados, que primem pela excelência. É o que viemos buscar com a parceria entre Seinfra, BDMG e o BID”, completa.

Com extensão de quase 300 quilômetros, o lote rodoviário “Ouro Preto” abrange trechos das rodovias BR-356, MG-262, MG-329, BR-120 e LMG-813, ligando, entre outros municípios, Mariana e Brumadinho, ambos impactados pelo rompimento de barragens em 2015 e 2019, respectivamente.

Concessões

O Programa de Concessões Rodoviárias de Minas Gerais foi lançado em 2019 e envolve, além do lote “Ouro Preto”, outros seis lotes de rodovias estaduais, com mais de 2,5 mil quilômetros de extensão. Com investimentos previstos da ordem de R$ 7 bilhões, o programa tem expectativa de gerar mais de 9,5 mil empregos, entre diretos e indiretos, impulsionando o desenvolvimento regional no estado.

BEM BRASIL
Política

Mais notícias da Categoria Política

Uberaba recorre de decisão que suspendeu novo decreto e ressuscitou anterior já vencido

Uberaba recorre de decisão que suspendeu novo decreto e ressuscitou anterior já vencido

Portal Uberaba 28/05/2020
Governador atende proposta de Uberaba e se reúne por vídeo com prefeitos mineiros

Governador atende proposta de Uberaba e se reúne por vídeo com prefeitos mineiros

Portal Uberaba 19/05/2020
Vereadores visitam Centro de Distribuição

Vereadores visitam Centro de Distribuição

Portal Uberaba 07/05/2020
Trump culpa China por coronavírus e diz que EUA estão investigando

Trump culpa China por coronavírus e diz que EUA estão investigando

Portal Uberaba 28/04/2020
Coordenador da Regulamentação afirma que Uberaba está preparada para um possível aumento de casos de coronavírus

Coordenador da Regulamentação afirma que Uberaba está preparada para um possível aumento de casos de coronavírus

Portal Uberaba 28/04/2020
Senado vota hoje crédito para micro e pequenas empresas

Senado vota hoje crédito para micro e pequenas empresas

Portal Uberaba 24/04/2020