Força-tarefa cumpre mandados de prisão contra empresários por sonegação de R$ 200 milhões
Polícia

Força-tarefa cumpre mandados de prisão contra empresários por sonegação de R$ 200 milhões

Força-tarefa cumpre mandados de prisão contra empresários por sonegação de R$ 200 milhões

Grupo, que também é investigado por lavagem de dinheiro, atuava na Ceasa de Contagem e em mais duas cidades mineiras

imagem de destaque
A operação “Demerara” busca coibir a prática de sonegação fiscal e recuperar valores desviados dos cofres do Estado

Uma força-tarefa, composta pelo Ministério Público Estadual, Receita Estadual e Polícia Civil, deflagrou, na manhã desta quinta-feira (12/9), a operação “Demerara”, que tem como alvos empresários do ramo de distribuição de alimentos com atuação na Ceasa de Contagem e nas cidades de Barbacena, Varginha e São Paulo.

Estão sendo cumpridos seis mandados de prisão e 12 mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte, Contagem, Nova Lima, Barbacena e Varginha, além de Araruama, no Rio de Janeiro. Os mandados foram expedidos pela Vara de Inquéritos de Contagem.

Sobre os investigados recai a suspeita de crimes contra a ordem tributária, falsidade ideológica, associação criminosa e lavagem de dinheiro, cometidos entre 2001 e 2017. Nesse período, o grupo, formado por mais de dez empresas, sonegou cerca de R$ 200 milhões em ICMS devidos ao Estado de Minas Gerais.

Crédito: Divulgação/SEF

As investigações conduzidas pelo MP e pela Polícia Civil tiveram início após informações repassadas pela Receita Estadual. Ficou comprovado que as empresas adquiriam notas fiscais “frias” no mercado negro e utilizavam os documentos para diminuir o valor mensal do imposto a ser pago.

De acordo com o Ministério Público, o esquema envolve uma organização criminosa formada por pessoas ricas, bem instruídas e devidamente orientadas por especialistas. Os investigados construíram, a partir da década de 1990, um grande grupo econômico composto por empresas do ramo de distribuição de alimentos, sobretudo, de açúcar. Por esse motivo, a operação foi batizada de “Demerara”.

Ainda segundo o MP, o grupo era liderado por dois irmãos que recorriam a “laranjas” para constituir empresas atacadistas e blindar o patrimônio pessoal. Há suspeita de que os empregados eram coagidos a ceder os documentos para a constituição dessas empresas.

Durante as investigações, também foi descoberto que um dos sócios teria utilizado parte dos recursos obtidos com a sonegação fiscal para construir uma mansão, avaliada em R$ 30 milhões, localizada em um condomínio na cidade de Nova Lima.

Cira

A operação “Demerara” é mais uma ação desenvolvida no âmbito do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira), que busca coibir a prática de sonegação fiscal e recuperar valores desviados dos cofres do Estado.

A operação desta quinta-feira contou com a participação de quatro promotores de Justiça de Minas Gerais, 40 auditores fiscais da Receita Estadual, seis delegados e 52 investigadores da Polícia Civil.

Polícia

Mais notícias da Categoria Polícia

Governo lança programa MG Mulher, que conta com app de suporte às vítimas de violência doméstica

Governo lança programa MG Mulher, que conta com app de suporte às vítimas de violência doméstica

Portal Uberaba 10/03/2020
Carnaval tem 27,6% de redução nos crimes violentos e aumento do uso de tecnologias

Carnaval tem 27,6% de redução nos crimes violentos e aumento do uso de tecnologias

Portal Uberaba 03/03/2020
Operação contra exploração sexual infantil contabiliza 38 prisões

Operação contra exploração sexual infantil contabiliza 38 prisões

Portal Uberaba 18/02/2020
Balanço da Segurança Pública aponta queda em todos os crimes monitorados em Minas

Balanço da Segurança Pública aponta queda em todos os crimes monitorados em Minas

Portal Uberaba 14/02/2020
Prefeito consegue com comando geral da PM a volta do destacamento em Ponte Alta

Prefeito consegue com comando geral da PM a volta do destacamento em Ponte Alta

Portal Uberaba 14/02/2020
Novos Guardas Municipais tomam posse em Uberaba

Novos Guardas Municipais tomam posse em Uberaba

Portal Uberaba 13/02/2020