Anuncie aqui super banner
Prefeitura chama sociedade para se mobilizar contra o aedes aegypti
Cidade

Prefeitura chama sociedade para se mobilizar contra o aedes aegypti

Prefeitura chama sociedade para se mobilizar contra o aedes aegypti

Decreto de excepcionalidade prevenção às arboviroses deve ser publicado nos próximos dias

A Secretaria Municipal de Saúde, chamou a atenção da sociedade civil, órgãos de comunicação, associações de bairro, autoridades políticas nesta quinta-feira (23) para o combate ao mosquito aedes aegypti. A reunião na Prefeitura enfatizou o risco de epidemia após o resultado do Levantamento de Índice Rápido de Infestação do aedes aegypti (LIRAa) apontar que a cada 100 casas, nove têm focos do mosquito.

Guerra. O prefeito Paulo Piau chamou a atenção para que a população faça parte da ‘guerra para matar o aedes, antes que ele faça vítimas’. “Em 2013 foram 20 mortes. Essa morte não escolhe perfil de ninguém, se é rico, se é pobre, se é alto, se é baixo, então o melhor é eliminar o mosquito. Noventa e oito por cento dos mosquitos nascem dentro das propriedades. O calor e chuvarada são tudo que o mosquito precisa para se proliferar e qualquer um pode ser atingido e morto pela dengue”, ressaltou o Prefeito.

Nos próximos dias deve ser publicado no Porta Voz decreto de excepcionalidade de ações preventivas das arboviroses. A medida, conforme orientação do Ministério Público abre caminho para que a Prefeitura possa atuar de forma mais assertiva em relação a casas, terrenos e propriedades fechadas ou abandonadas com criadouros do mosquito.

“A legislação federal e estadual já dão abertura para que o cidadão que colocar em risco outras pessoas possa ser notificado, multado e até responder com prisão de três a nove meses. Se for preciso, o poder público tem o poder de polícia, de punir, mas preferimos usar a conscientização. É muito simples: é o esforço de cada um para que não haja epidemia de dengue na nossa cidade”, destacou Piau.

O secretário de Saúde, Iraci Neto, ressaltou que os participantes da reunião serão multiplicadores da mensagem de prevenção, mas que o poder público está preparado e preparando diversas ações nesse período crítico da dengue. “Apresentamos o relato do que foi feito em 2019 e agora no momento auge do processo, em que mesmo com todo o nosso esforço em 2019, ainda em janeiro de 2020 tivemos um dos maiores índices de indicadores de proliferação de mosquito. Agora é potencializar, buscar as entidades e trabalhar na forma de uma corrente positiva para o bem que é levar essa informação a toda à sociedade”, enfatizou Iraci.

Sóachoaki – Super Banner
Cidade

Mais notícias da Categoria Cidade

Prefeitura decreta situação de emergência pelos estragos causados pelas chuvas

Prefeitura decreta situação de emergência pelos estragos causados pelas chuvas

Portal Uberaba 14/02/2020
Cohagra entrega chave de casa retomada para pessoa em situação de vulnerabilidade

Cohagra entrega chave de casa retomada para pessoa em situação de vulnerabilidade

Portal Uberaba 14/02/2020
FCU abre edital para exploração do Estádio Uberabão para os 200 anos de Uberaba

FCU abre edital para exploração do Estádio Uberabão para os 200 anos de Uberaba

Portal Uberaba 13/02/2020
Arrecadação com IPTU e Taxa de Lixo ultrapassa R$ 49 milhões até o momento    

Arrecadação com IPTU e Taxa de Lixo ultrapassa R$ 49 milhões até o momento   

Portal Uberaba 13/02/2020
Amvale tem novo secretário Executivo

Amvale tem novo secretário Executivo

Portal Uberaba 11/02/2020
Uberaba recebe blitz de fiscalização do Crea-MG

Uberaba recebe blitz de fiscalização do Crea-MG

Portal Uberaba 11/02/2020