Prefeitura e representantes das empresas de ônibus divergem sobre novo valor da tarifa
Tarifas de Ônibus

Prefeitura e representantes das empresas de ônibus divergem sobre novo valor da tarifa

Prefeitura e representantes das empresas de ônibus divergem sobre novo valor da tarifa

Valor do serviço é rateado por 60% dos usuários já que 40% tem gratuidade no transporte em Uberaba

As concessionárias do transporte coletivo urbano em Uberaba pleiteiam reajuste tarifário dos atuais R$ 4,25 para R$ 4,91. Técnicos da Prefeitura vem estudando as planilhas e os cálculos apontam para valor menor.

Nesta quarta-feira (29) o prefeito Paulo Piau, o secretário de Defesa Social, jornalista Wellington Cardoso Ramos e o superintendente de Transporte Público, Claudinei Nunes se reuniram com representantes das empresas e, sem fechamento de acordo, nova reunião deverá ser marcada para tratar do assunto.

“A empresa quer a passagem a um preço e nós, como poder regulador da concessão pública, precisamos ser rigorosos nos números a fim, de causar o menor impacto possível ao trabalhador de Uberaba”, diz o prefeito. Ele explica que os cálculos para elaboração das planilhas levam em conta comparativos com valores praticados por outras cidades brasileiras do mesmo porte.

Piau acredita que com o avanço das negociações pode-se chegar a bom termo de forma a sacrificar o menos possível o usuário e manter a qualidade do serviço. “Não queremos precarizar (tornar pior) o serviço. Mas, apertar demais no preço, representa risco, por exemplo, à renovação da frota, manutenção dos veículos”, encerra o prefeito apontando para a busca de equilíbrio.

Gratuidade – Paulo Piau destacou os impactos da gratuidade na definição da tarifa. As concessionárias informam que ela sobrecarrega o preço final. Segundo o prefeito, 40% das pessoas que passam pelas catracas dos ônibus em Uberaba não pagam tarifa, o que equivale dizer que o custo do serviço é rateado por 60% dos usuários.  O índice – admite o prefeito é alto – fruto de lei municipal que assegura gratuidade a passageiros com idade a partir de 60, diferente da Constituição Federal, que garante o benefício a partir dos 65 anos.

Tarifas de Ônibus

Mais notícias da Categoria Tarifas de Ônibus

Uberaba não terá reajuste da tarifa do transporte coletivo

Uberaba não terá reajuste da tarifa do transporte coletivo

Portal Uberaba 21/02/2020
Passagens de ônibus intermunicipais estão mais caras em Minas Gerais

Passagens de ônibus intermunicipais estão mais caras em Minas Gerais

Portal Uberaba 02/01/2020
FUNCIONAMENTO DO TRANSPORTE PÚBLICO NO FERIADO

FUNCIONAMENTO DO TRANSPORTE PÚBLICO NO FERIADO

Portal Uberaba 28/02/2019
Reajuste da tarifa de ônibus não atinge zona rural

Reajuste da tarifa de ônibus não atinge zona rural

Portal Uberaba 05/02/2019