Sistema prisional forma agentes pilotos de drones
Polícia

Sistema prisional forma agentes pilotos de drones

Sistema prisional forma agentes pilotos de drones

Objetivo é atuação no monitoramento aéreo das unidades penitenciárias em tempo real

Sensor da câmera do drone consegue captar representações visíveis de temperatura (Crédito: Divulgação/Sejusp)

Agentes de segurança do Complexo Penitenciário Nelson Hungria (CPNH), localizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte, concluíram o curso de Operador de Aeronaves Remotamente Pilotadas, oferecido pelo Comando de Aviação do Estado, da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG). Na capacitação o sistema prisional teve quatros agentes de segurança penitenciários formados, que agora estão aptos a operar um equipamento que irá reforçar a segurança de um dos complexos penitenciários mais importantes do estado. A expectativa é que mais turmas sejam formadas e que o trabalho desenvolvido no CPNH seja replicado para demais unidades prisionais.

A formação foi realizada durante 21 dias, divididos em duas etapas, sendo a primeira parte realizada a distância e a segunda, presencial, com carga horária de 49h/aula. Os agentes de segurança penitenciários estão habilitados a operar o drone que foi doado à unidade prisional pela Vara de Execuções Penais de Contagem.

O voo inaugural sobre o CPNH foi realizado na última quinta-feira (1/8). Agora, os monitoramentos aéreos que irão complementar as ações de segurança terrestres poderão ser realizados tanto no período diurno quanto noturno, já que o equipamento permite as filmagens com ausência de iluminação e podem ser acompanhadas em tempo real por meio de um tablet ou celular.

Agentes de segurança penitenciários estão aptos a pilotar drones (Crédito: Divulgação/Sejusp)

A câmera do drone possui sensores que conseguem captar assinaturas de calor, ou seja, criar uma representação visível da temperatura de um objeto ou pessoa, mesmo à distância. Essa característica do equipamento, aliada às patrulhas noturnas periódicas, pode identificar e inibir de forma mais eficiente as possíveis tentativas de fuga ou ameaças externas.

Alison dos Santos é um dos servidores que concluíram o curso. Ele explica que a formação é específica para atuações relacionadas à segurança pública e que a utilização do equipamento no ambiente prisional é algo inédito no Estado de Minas Gerais.

“O curso, além de muito importante, é muito interessante, pois abordou toda a legislação relacionada ao uso dessas aeronaves, bem como os riscos e as vantagens que o equipamento oferece. Ainda estamos estudando a adequação e todos os usos possíveis para o ambiente prisional, mas podemos afirmar que a monitoração aérea periódica, inclusive no período noturno, tende a proporcionar um aumento na segurança do complexo”.

Os voos são realizados sempre em equipe de, no mínimo, duas pessoas, sendo um operador e um observador, que alerta acerca de obstáculos e trajetória do drone. O agente de segurança penitenciário Charley Soares de Lima explica que, apesar de pequeno, o aparelho possui dispositivos e tecnologia capaz de identificar aeronaves no espaço aéreo local, transmitindo dados como altitude e velocidade.

“Outro dispositivo que pode ter uma utilização prática no ambiente prisional é o alto-falante que pode ser usado para efetuar comandos aos internos em uma situação de indisciplina no pátio, por exemplo”.

Concluíram o curso de Operador de Aeronaves Remotamente Pilotadas os servidores Alison Vinicius dos Santos, Alan Dias Avelino, Charley Soares de Lima e Rogerio Vital de Oliveira.

Polícia

Mais notícias da Categoria Polícia

Inauguração de fábrica de sacolas garante emprego para detentos de Juiz de Fora

Inauguração de fábrica de sacolas garante emprego para detentos de Juiz de Fora

Portal Uberaba 13/08/2019
Presos aprendem técnicas de produção de bolsas em crochê

Presos aprendem técnicas de produção de bolsas em crochê

Portal Uberaba 08/08/2019
Educação e PM articulam ações com foco na prevenção da violência

Educação e PM articulam ações com foco na prevenção da violência

Portal Uberaba 05/08/2019
Convênio entre PMMG e Febraban é iniciativa pioneira no Brasil

Convênio entre PMMG e Febraban é iniciativa pioneira no Brasil

Portal Uberaba 31/07/2019
Presos fabricam móveis para instituições filantrópicas

Presos fabricam móveis para instituições filantrópicas

Portal Uberaba 25/07/2019
Minas recebe comitiva de Pernambuco e discute programas de Prevenção à Criminalidade

Minas recebe comitiva de Pernambuco e discute programas de Prevenção à Criminalidade

Portal Uberaba 11/07/2019